BRICS ultrapassa G7 em poder econômico – Putin

O grupo será responsável por 36,6% do PIB mundial em termos de PPC até 2028, segundo o presidente russo

 0  1773
BRICS ultrapassa G7 em poder econômico – Putin

Os estados BRICS estão a ultrapassar o G7 em termos de participação no PIB global em termos de PPP, disse o presidente russo, Vladimir Putin, na quinta-feira, ao discursar na Assembleia Federal.

A participação dos BRICS aumentará para 36,6% até 2028, enquanto a do G7 diminuirá para 27,8%, segundo estimativas fornecidas pelo presidente.

“Mas há dez anos a situação era diferente”, disse Putin, observando que em 2022 os países BRICS ultrapassaram o G7 em termos de PIB em termos de PPC (31,5% versus 30,3%), enquanto em 1992 a quota dos BRICS era apenas de cerca de 16,5%.

A PPC é uma métrica popular entre muitos economistas que compara a produtividade económica e os padrões de vida entre países, ajustando as diferenças no custo de bens e serviços.

O grupo BRICS de economias emergentes, que anteriormente incluía Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, sofreu uma grande expansão após a adesão do Irão, Etiópia, Egipto e Emirados Árabes Unidos em Janeiro deste ano. A Arábia Saudita também foi convidada e deverá se tornar membro. Vários outros estados manifestaram interesse em aderir, enquanto alguns já apresentaram candidaturas formalmente.

De acordo com dados do FMI, a participação do G7 (que compreende Canadá, França, Japão, Itália, EUA, Reino Unido e UE) no PIB global em termos de PPC tem estado em declínio constante ao longo dos últimos anos, caindo de 50,42% em 1982 para 30,39% em 2022. A instituição com sede em Washington espera que o número caia para 29,44% este ano.